Coisas do Mercado

 

 

O mercado é uma coisa engraçada às vezes.

Vi umas notícias hoje sobre as perspectivas para esse ano para o e-commerce, mercado que atuo, e acabei lembrando de uma historinha que aconteceu há uns anos atrás, quando fui fazer uma reunião com um cliente e ele me recebeu com o Estadão na mão, já na página de uma notícia e falando: Pedrão, acho que vamos ter problemas, esses caras vão começar a bater forte no mercado.

A notícia era de uma grande rede varejista mundial, que tinha acabado de contratar um novo jovem CEO para o e-commerce com o objetivo de reestruturar a estratégia em que vinha atuando no Brasil. Como uma das categorias desse varejista poderia concorrer diretamente com esse meu cliente, ele ficou preocupado, afinal, ele não era uma grande rede mundial e não tinha toda a verba do mundo para poder investir.

Peguei o jornal e fui lendo, mas o que me chamou mais a atenção fora 3 coisas:

1 - A foto da matéria. A foto era do novo CEO do e-commerce deitado em uma rede no meio do escritório da empresa com um belo sorriso.

2 - O novo CEO disse que a matriz da empresa deu carta branca para ele fazer o que quiser e gastar o que fosse necessário para turbinar o e-commerce da empresa.

3 - Não foi apresentado nenhum número relevante nem da empresa, nem do mercado e nada sobre o que pretendia fazer.

Logo que acabei de ler a matéria meu cliente perguntou o que eu achei. A primeira coisa que respondi, meio que brincando, foi: 

- Eu não tenho tempo nem para almoçar direito e esse cara tem tempo para deitar na rede....

Essa resposta foi a entrada para dar a minha opinião sincera na época. Falei para o meu cliente que achava que ele não deveria se preocupar com a notícia e com esse grande varejista. Primeiro porque o novo CEO parecia antes de mais nada querer se promover e não entrar para valer no mercado. Foto deitado na rede para mostrar a modernidade na gestão, carta branca para fazer o que for preciso e não falar nada relevante, para mim foi a demonstração de que realmente não se sabia bem para que lado olhar.

Eu, nas aulas ou palestras que dou, costumo dizer que o comércio foi desenvolvido pelos Fenícios há 4000 anos atrás e o e-commerce tem hoje por volta de 20 anos, portanto, tudo se baseia no que já existe e todos estão ainda hoje experimentando quais o melhores caminhos no e-commerce. As experiências do comércio tradicional não podem ser descartadas de forma alguma e só conhecer as novas tecnologias não é garantia de sucesso.

Bom, para concluir a historinha, um ano e meio depois da matéria o jovem CEO já não estava na empresa e seis meses depois de sua saída, a grande rede varejista anunciou o fim da sua operação de e-commerce no Brasil.

Pedro Américo Laragnoit Sampaio é Sócio Diretor da MKTEAM

 

Fonte: MKTEAM - 11/02/2020

  • Google+
  • Google+
  • Facebook

MKTEAM Todos os direitos reservados. E-commerce - Comércio Eletrônico - Marketing
Rua Alvarenga, 718 Sala 21 - São Paulo - SP - CEP 05509-001 - Tel.: 11 2372-3406

Graac