Black Friday, uma faca de dois gumes?

 

 

Chegou a segunda data mais importante do e-commerce, a Black Friday.             

 

Mas aqui no Brasil, a Black Friday é tão boa assim para as lojas de e-commerce? Para muitas lojas tem sido um tiro pela culatra. A falta de planejamento para a data pode fazer com que  as vendas tragam problemas e até prejuízo.

Vamos fazer uma análise geral primeiro. A Black Friday foi copiada do mercado norte americano. O mercado brasileiro é bem diferente, em primeiro lugar, porque é bem menor. Lá, as lojas usam essa data para esvaziarem os estoques para re-abastecerem com os produtos novos para o Natal. Aqui, com o mercado menor, e ainda por cima com a crise que estamos passando, as lojas estão com dificuldades de girarem seus estoques. A data acaba sendo somente para aumentar as vendas, mas baseado-se em preços baixos.

Se a loja não se planejou ou está com o estoque mais antigo, praticar grandes descontos para vender agora pode somente aumentar vendas com margem baixa ou até negativa, aí, quanto mais vender, pior. Some a isso o investimento em comunicação para divulgar a BF.

O público em geral gosta, porque realmente pode fazer ótimas compras, mas para os lojistas, o que se vem percebendo é uma diminuição das vendas antes e depois da BF, porque, é claro os consumidores se preparam para comprar na data. Muitas lojas falam até de diminuição das vendas de Natal, pois muitas pessoas aqui antecipam as compras de Natal aproveitando os bons preços. Já se fala em talvez mudar a BF no Brasil para setembro.

O e-commerce acabou escravo da BF. Grande parte das lojas só entram porque são obrigadas, porque se não venderem agora, os concorrentes venderão.

Para ter sucesso na BF, é obrigatório comprar bem. O bom relacionamento com os fornecedores é essencial. O trabalho em conjunto que poderá propiciar melhores descontos na BF ou em qualquer outra data, por isso o trabalho deve ser bem antecipado.

Resumindo, se não tomar cuidado, a loja pode investir para anunciar a BF e vender com margem baixa e sem perceber, pode estar, apesar do aumento das vendas, captando prejuízo.

Pedro Américo Laragnoit Sampaio
Sócio da MKTEAM
Formado em marketing pela ESPM
Especialista em e-commerce desde 2001

 

Fonte: MKTEAM - 23/11/2018

  • Google+
  • Google+
  • Facebook

MKTEAM Todos os direitos reservados. E-commerce - Comércio Eletrônico - Marketing
Rua Alvarenga, 718 Sala 21 - São Paulo - SP - CEP 05509-001 - Tel.: 11 3031-8788

Graac