Consultoria e Assessoria para E-commerce (Comércio Eletrônico) - Marketing Online
 
Notícias
 
Consumidor Online X Offline?
 

 

Muito se fala de perfil do internauta, hábitos do internauta, mas, pense em você. No que você muda quando está comprando na internet em comparação a uma compra física?

Na verdade as pessoas não mudam, o que muda é o meio e isso faz com que os critérios de avaliação na decisão da compra sejam um pouco diferentes. Na internet, a credibilidade da loja pesa muito mais do que numa compra física, afinal há a inserção e o pagamento vem antes de receber o produto.

Os consumidores vão atrás de seus objetivos e agem de acordo com as ferramentas que as lojas oferecem e isso que acaba moldando sua decisão e é aí que está o grande desafio das lojas online.

Hoje podemos dividir inicialmente os consumidores em dois perfis básicos: acima e abaixo de 35 anos de idade.

Quem hoje tem mais de 35 anos, tornou-se consumidor antes de existir o e-commerce. A experiência de compra era uma. Quem tem menos de 35 anos deve até ter dificuldade de entender como nós dinossauros fazíamos para comparar preços e produtos antigamente, sem o e-commerce, as ferramentas de buscas e comparação.

Mas veja bem, não que o comércio tenha mudado ou as pessoas sejam tão diferentes. O e-commerce foi a evolução da venda por catálogo e a informática juntamente com a internet, possibilitaram uma séria de ferramentas e facilitações que ajudam os consumidores na pesquisa e na facilidade de compra.

Há claramente a perda do contato com o produto nas lojas online, e produtos desconhecidos têm maior dificuldade de “convencimento” através da internet, por outro lado, as lojas se nivelaram.

Mas e o consumidor? Age diferente? Se pensar que as ferramentas são diferentes sim, mas seu pensamento e objetivo é o mesmo.

Vamos analisar como exemplo, uma mulher que vai a uma loja de roupas. Normalmente as mulheres são mais detalhistas e acabam por ver vários modelos na loja, pegando vários produtos dos cabides. E o que se percebe numa loja de roupas femininas online? O que temos levantando nessas lojas é que a taxa de páginas visitadas por visitante é bem maior do que nos outros perfis de lojas, ou seja, as mulheres visitam mais produtos e modelos a cada visita que fazem. Conclusão, o hábito é mesmo.

Por essa razão o multicanal é cada vez mais importante, pois cada vez mais, um canal leva para o outro e eles se complementam. Lojas online que possuem loja física têm mais facilidade em adquirir a confiança dos consumidores e lojas físicas que possuem loja online vendem melhor a comodidade de entregar em casa.

Pedro Américo Laragnoit Sampaio

Sócio da MKTEAM

Formado em marketing pela ESPM

Especialista em e-commerce desde 2001

 

Fonte: MKTEAM - 08/02/2017

 
 
 
 
 

MKTEAM Todos os direitos reservados. E-commerce - Comércio Eletrônico - Marketing
Rua Alvarenga, 718 Sala 21 - São Paulo - SP - CEP 05509-001 - Tel.: 11 3031-8788

Graac